Ministra Cármen Lúcia é reconduzida para mais um biênio no TSE como substituta
Foto: Divulgação

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi reconduzida para mais um biênio como ministra substituta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quarta-feira (3). Nesta quinta-feira (4/8), ela completará o seu primeiro biênio na corte eleitoral.

 

Atualmente, compõem o TSE, nas vagas destinadas ao STF, os ministros Edson Fachin (presidente), Alexandre de Moraes (vice-presidente) e Ricardo Lewandowski, nos cargos de ministros efetivos, e Cármen Lúcia, Nunes Marques e André Mendonça, nas vagas de ministros substitutos.

 

Com o término do mandato do ministro Fachin, o ministro Alexandre de Moraes assumirá a Presidência do TSE no dia 16 deste mês e conduzirá as eleições gerais de 2022.

 

O TSE é composto por sete ministros: três são originários do Supremo, dois do Superior Tribunal de Justiça e dois são representantes da classe dos juristas. Para cada ministro efetivo, há um ministro substituto.