Governo pede investigação contra médicos que fizeram aborto em criança vítima de estupro
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Atendendo pedido do presidente Jair Bolsinaro (PL), o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos realizou um requerimento de investigação contra os médicos que realizaram aborto legal em criança de 11 anos que foi vítima de estupro em Santa Catarina (veja aqui).


Além disso, a pasta solicitou a abertura de uma investigação sobre o site “The Intercept”, por divulgar as imagens e o áudio do “depoimento especial sigiloso” da criança à Justiça.


"O Intercept não tem conhecimento ou foi notificado a respeito de qualquer solicitação envolvendo o site. Além disso, nossa reportagem respeitou a legislação brasileira e está protegida pelo princípio constitucional da liberdade de imprensa", informou o site.

 

O presidente da República, chegou a criticar o aborto realizado pela criança e afirmou que o bebê “ também foi vítima”. Bolsonaro pediu para que os ministérios da Justiça e dos Direitos Humanos investigassem o caso (veja aqui).