Leidiney Lima de Almeida, 38 anos, foi assassinado a tiros por volta das 15h10 desta quarta-feira (20/07/2022), na Rua A, Conjunto Feira VI, em Feira de Santana.

De acordo com populares, a vítima que trabalhava como mototaxista no local, estava sentada em uma cadeira quando dois homens em uma motocicleta, chegaram atirando. O mototaxista foi atingido na cabeça e no antebraço direito. Ele residia na Rua Aloísio Resende, bairro Queimadinha. A guarnição Peto 02, da 66ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), preservou o local do crime, até a chegada da Polícia Civil. A delegada Thiara Martins, efetuou o levantamento cadavérico com policiais civis e peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT). Em entrevista ao Acorda Cidade, ela informou que já existem informações que podem elucidar este crime. “Infelizmente mais uma vítima aqui em nossa cidade, vítima de morte violenta, mas já fizemos aqui um levantamento no local, algumas informações já apuradas e já temos um direcionamento da autoria e da motivação deste crime, mas por questão de sigilo policial, a gente prefere não passar estas informações. Pelos que os peritos puderam observar, as perfurações estão posicionadas na parte posterior da cabeça, o que indica que a vítima foi surpreendida por trás. Segundo os próprios populares, a ação foi muito rápida, então só foi o momento da abordagem, e depois a fuga dos autores”, explicou. Ainda de acordo com a delegada, existem câmeras de segurança nas proximidades, o que pode ajudar nas investigações. “Diante do que já temos, observamos que existem câmeras nas proximidades, e de imediato, iremos fazer o levantamento dessas imagens. Ao que parece, ele estava aqui tranquilamente como de rotina, em mais um dia de trabalho, na companhia de outras pessoas, quando foi surpreendido. Acredito que não chegou a ser seguido, mas certamente, as pessoas que abordaram ele, já sabiam que ele estaria aqui”, concluiu. O corpo de Leidiney Lima de Almeida, foi encaminhado ao DPT para ser necropsiado.

Fonte: Acorda cidade