A prefeitura de Guanambi, no sudoeste da Bahia, determinou que o uso de máscara volta a ser obrigatório em ambientes fechados, a partir desta terça-feira (31/05). A medida foi adotada após o crescimento de casos ativos de Covid-19 no município.

A gestão não informou até quando a decisão é válida, e mantém facultativo o uso do equipamento em locais abertos. A máscara e a vacinação são as mais eficientes ações de prevenção e combate ao coronavírus.

De acordo com o decreto, em caso de descumprimento da ordem, serão adotadas medidas de polícia administrativa, que vão desde advertência a suspensão temporária, interdição de estabelecimento ou mesmo cassação de alvará, independentemente de acionamento de força policial.

Além disso, o decreto também exige controle de público e venda de ingressos, sejam eles shows musicais ou eventos esportivos, religiosos, escolas e faculdades.

Segundo o último boletim epidemiológico da cidade, publicado na segunda-feira (30), Guanambi registra 18 casos ativos de pacientes com Covid-19, sendo um deles contabilizado nas 24 horas anteriores.

Desde o início da pandemia, a cidade registrou 137 mortes causadas pela doença e teve quase 15 mil casos. Até o momento, mais de 203 mil doses da vacina foram aplicadas na população local, que é de quase 86 mil habitantes.

Por g1 BA e TV Sudoeste