No final da manhã da segunda-feira, 13 de junho, um avião Ilyushin IL-76 foi visto pousando no Aeroporto Internacional do Recife, em voo da companhia aérea russa Volga-Dnepr.

Conforme reportado pelo AEROIN, a chegada despertou curiosidade de muitas pessoas porque a operação não apareceu com antecedência nos sistemas de consulta de voos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), como costumeiramente acontece com praticamente todos os serviços de empresas aéreas feitos de/para o Brasil.

Depois, na manhã de terça-feira, 14, o jato de matrícula RA-76503 partiu da capital pernambucana e pôde ser acompanhado sobrevoando o Brasil, enquanto prosseguia em sua operação, que teve início em Moscou, na Rússia, e já havia feito paradas em Cairo, no Egito, e em Acra, em Gana.

Embora o sistema da ANAC continue não mostrando o voo VDA-6268 que veio desde Moscou até o Recife, uma atualização agora mostra ao menos o serviço de retorno, revelando para onde o Ilyushin IL-76 estava indo.

Segundo a programação aprovada, nesta quarta-feira, 15 de junho, o quadrijato decolará do Aeroporto Viru Viru, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, no voo VDA-6269, portanto, é para lá que ele foi.

Neste retorno a partir da Bolívia, novamente haverá uma parada técnica para reabastecimento e descanso da tripulação no Recife. O próximo pouso no Aeroporto Gilberto Freyre está previsto para 14h00 desta quarta-feira, e a decolagem, na manhã seguinte, dia 16, às 07h00.

O voo pode ser acompanhado em tempo real na tela de rastreamento online a seguir (a aeronave será mantida automaticamente no centro da tela quando estiver em voo; no resto do tempo, a tela ficará parada em uma área qualquer do mapa).

Como citado na matéria prévia, vale ressaltar que qualquer voo ao Brasil só acontece após aprovação dos órgãos competentes, portanto, mesmo não aparecendo no sistema de consulta, não se trata de nenhum pouso ilegal ou não aprovado.
Fonte: Aeroin