O Brasil perdeu posições no ranking mundial dos preços do combustível após os fortes aumentos de março de 2022. Antes da alta de quase 19% repassada pela Petrobras às refinarias, o País era o 90º com a gasolina mais barata do mundo de uma lista com 170 países. Ou seja, ficava quase no meio da tabela.


Hoje, a posição piorou: o Brasil ocupa o lugar de número 115, com o preço médio de R$ 7,21 para o litro da gasolina. Invertendo a ordem do ranking, o litro comercializado aqui é um dos 55 mais caros do mundo.


O levantamento é realizado pelo site Global Petrol Prices, com dados colhidos na última semana Conforme a pesquisa, a Venezuela tem o litro mais barato do planeta, saindo por R$ 0,11 na média. Outro sul-americano que aparece na parte de cima do ranking é a Bolívia, na 16º colocação, com o litro a R$ 2,59.


Na outra ponta, Hong Kong tem a cotação mais alta do mundo, beirando os R$ 14 por litro. A Holanda vem em seguida, com quase R$ 12.


O levantamento não considera o custo de vida e nem o valor do salário mínimo em cada país. Os valores são absolutos, em Real

PREÇO DA GASOLINA NO MUNDO


1º) Venezuela: R$ 0,119

2º) Líbia: R$ 0.153

3º) Irão: R$ 0.244

4º) Síria: R$ 1.504

5º) Argélia: R$ 1.532

6º) Kuwait: R$ 1.643

7º) Angola: R$ 1.692

8º) Nigéria: R$ 1.907

9º) Turcomenistão: R$ 2.040

10º) Cazaquistão: R$ 2.059

11º) Malásia: R$ 2.316

12º) Iraque: R$ 2.448

13º) Egito: R$ 2.472

14º) Bahrein: R$ 2.528

15º) Rússia: R$ 2.575

16º) Bolívia: R$ 2.599

17º) Catar: R$ 2.748

18º) Azerbaijão: R$ 2.803

19º) Haiti: R$ 2.956

20º) Omã: R$ 2.958

21º) Arábia Saudita: R$ 2.959

22º) Etiópia: R$ 2.967

23º) Colômbia: R$ 2.995

24º) Equador: R$ 3.210

25º) Bielorrússia: R$ 3.220

26º) Quirguistão: R$ 3.360

27º) Tunísia: R$ 3.578

28º) Paquistão: R$ 3.919

29º) Togo: R$ 4.020

30º) Trindade e Tobago: R$ 4.031

31º) Emir. Árabes Unidos: R$ 4.047

32º) Usbequistão: R$ 4.057

33º) Chade: R$ 4.136

34º) Afeganistão: R$ 4.199

35º) Indonésia: R$ 4.277

36º) Domínica: R$ 4.376

37º) Suriname: R$ 4.426

38º) Maldivas: R$ 4.504

39º) Sudão: R$ 4.530

40º) Iémen: R$ 4.696

41º) Líbano: R$ 4.715

42º) Sri Lanca: R$ 4.734

43º) Mongólia: R$ 4.763

44º) Benim: R$ 4.777

45º) Serra Leoa: R$ 4.823

46º) Gabão: R$ 4.831

47º) Argentina: R$ 4.839

48º) Madagáscar: R$ 4.890

49º) Burquina Faso: R$ 4.896

50º) Bangladeche: R$ 4.922

51º) Congo-Kinshasa: R$ 4.959

52º) Camarões: R$ 5.031

53º) Costa do Marfim: R$ 5.055

54º) Moçambique: R$ 5.153

55º) Tanzânia: R$ 5.216

56º) Botsuana: R$ 5.256

57º) Suazilândia: R$ 5.274

58º) Mali: R$ 5.342

59º) Guiné: R$ 5.354

60º) Butão: R$ 5.407

61º) Taiwan: R$ 5.407

62º) Porto Rico: R$ 5.470

63º) México: R$ 5.484

64º) Ucrânia: R$ 5.491

65º) Namíbia: R$ 5.566

66º) Quênia: R$ 5.573

67º) Guiana: R$ 5.592

68º) Panamá: R$ 5.680

69º) Geórgia: R$ 5.767

70º) Santa Lúcia: R$ 5.800

71º) Granada: R$ 5.817

72º) Estados Unidos: R$ 5.833

73º) Zâmbia: R$ 5.846

74º) Salvador: R$ 5.853

75º) Ruanda: R$ 5.856

76º) Libéria: R$ 5.906

77º) Costa Rica: R$ 5.981

78º) Cuba: R$ 6.003

79º) Lesoto: R$ 6.021

80º) Paraguai: R$ 6.050

81º) Nepal: R$ 6.067

82º) Nicarágua: R$ 6.113

83º) Honduras: R$ 6.120

84º) Birmânia: R$ 6.165

85º) Senegal: R$ 6.170

86º) Vietnã: R$ 6.194

87º) Fiji: R$ 6.212

88º) Burundi: R$ 6.384

89º) Guatemala: R$ 6.389

90º) Turquia: R$ 6.396

91º) Índia: R$ 6.447

92º) Maurícia: R$ 6.501

93º) Filipinas: R$ 6.523

94º) Japão: R$ 6.544

95º) Uganda: R$ 6.630

96º) Bahamas: R$ 6.649

97º) Hungria: R$ 6.700

98º) Rep. Dominicana: R$ 6.731

99º) Malávi: R$ 6.748

100º) Tailândia: R$ 6.749

101º) Chile: R$ 6.819

102º) Camboja: R$ 6.823

103º) Gana: R$ 6.862

104º) África do Sul: R$ 6.903

105º) Aruba: R$ 6.909

106º) Ilhas Caimã: R$ 6.924

107º) Peru: R$ 6.931

108º) China: R$ 6.944

109º) Macedônia: R$ 6.961

110º) Curaçao: R$ 6.982

111º) Marrocos: R$ 6.998

112º) Malta: R$ 7.014

113º) Moldávia: R$ 7.062

114º) Jamaica: R$ 7.106

115º) Brasil: R$ 7.210

116º) Jordânia: R$ 7.291

117º) Seicheles: R$ 7.341

118º) Polônia: R$ 7.348

119º) Austrália: R$ 7.378

120º) Canadá: R$ 7.438

121º) Cabo Verde: R$ 7.533

122º) Chipre: R$ 7.590

123º) Bulgária: R$ 7.765

124º) Sérvia: R$ 7.825

125º) Eslovênia: R$ 7.867

126º) Laos: R$ 7.949


127º) Coreia do Sul: R$ 8.012

128º) Bósnia: R$ 8.061

129º) Croácia: R$ 8.278

130º) Romênia: R$ 8.353

131º) Andorra: R$ 8.364

132º) Belize: R$ 8.413

133º) Uruguai: R$ 8.598

134º) Wallis e Futuna: R$ 8.700

135º) Lituânia: R$ 8.893

136º) Eslováquia: R$ 9.024

137º) Mayotte: R$ 9.107

138º) Montenegro: R$ 9.107

139º) Áustria: R$ 9.191

140º) Nova Zelândia: R$ 9.323

141º) Luxemburgo: R$ 9.343

142º) Albânia: R$ 9.345

143º) Bélgica: R$ 9.416

144º) República Checa: R$ 9.485

145º) Letónia: R$ 9.500

146º) Espanha: R$ 9.549

147º) Itália: R$ 9.575

148º) Rep. Centro-Africana: R$ 9.582

149º) Irlanda: R$ 9.626

150º) Barbados: R$ 9.755

151º) Suíça: R$ 9.940

152º) Estônia: R$ 9.940

153º) Singapura: R$ 10.145

154º) Reino Unido: R$ 10.188

155º) França: R$ 10.395

156º) Portugal: R$ 10.610

157º) Liechstenstein: R$ 10.656

158º) Suécia: R$ 10.718

159º) São Marinho: R$ 10.725

160º) Israel: R$ 10.735

161º) Islândia: R$ 10.807

162º) Grécia: R$ 10.819

163º) Alemanha: R$ 10.835

164º) Dinamarca: R$ 11.146

165º) Zimbabué: R$ 11.211

166º) Finlândia: R$ 11.227

167º) Noruega: R$ 11.688

168º) Mônaco: R$ 11.845

169º) Holanda: R$ 11.991

170º) Hong Kong: R$ 13.716


Fonte: Diário do Nordeste