Ucrânia enterra 1,2 mil corpos retirados das ruas em vala comunitária
Foto: Reprodução Youtube / Euronews

Em nove dias, mais de 1,2 mil corpos foram retirados das ruas e enterrados em uma vala comum, na cidade ucraniana de Mariupol. A informação vem do vice-prefeito do município, Serhiy Orlov. 

 

Localizada em um antigo cemitério da cidade, a vala possui cerca de 25 metros de comprimento e foi escavada por trabalhadores locais. Mas nem todas as pessoas enterradas morreram em função da guerra, de acordo com autoridades locais. Também haviam vítimas de doenças ou de causas naturais. 

 

Os corpos estavam envoltos em lençóis, tapetes ou sacos plásticos. O “enterro” acontece sem muita cerimônia, já que o local é considerado perigoso para os trabalhadores. Ainda nesta semana, mísseis russos atingiram o cemitério, interrompendo sepultamentos e danificando um muro do local.