Mais de cem brasileiros deixaram a Ucrânia, diz Itamaraty
Foto: Reprodução / Presidência da República

O Ministério das Relações Exteriores disse nesta terça-feira (1º) que mais de cem brasileiros conseguiram deixar a Ucrânia e chegar a países fronteiriços, principalmente Polônia e Romênia, após a invasão da Rússia. A pasta informou que outros 15 brasileiros estão próximos da fronteira e devem deixar a Ucrânia nas próximas horas.
 

"Ainda constam cerca de 80 brasileiros, registrados na lista da embaixada brasileira, que permanecem em solo ucraniano e têm interesse em sair do país", acrescentou o Itamaraty.
 

Duas aeronaves da Força Aérea Brasileira seguem de prontidão para auxiliar o resgate dos brasileiros. Antes do conflito, a comunidade brasileira na Ucrânia era estimada em 500 pessoas, diz o Itamaraty.
 

O ministério informou que ainda tenta localizar e contatar brasileiros que estão no país e que há voluntários para auxiliar quem chega à estação de trem de Lviv, local próximo da fronteira com a Polônia.
 

"Há ainda funcionários das embaixadas em Bucareste e em Varsóvia prestando apoio em localidades próximas à divisa com a Ucrânia, de modo a auxiliar o deslocamento seguro de brasileiros até as capitais daqueles países", disse o Itamaraty.