De olho no Senado, Marcelo Nilo convida prefeito de Utinga para o substituir na Câmara
Foto: Reprodução / Instagram


Com a possível indicação ao Senado na chapa encabeçada por ACM Neto (União Brasil) se encaminhando, o deputado federal Marcelo Nilo (PSB) convidou o prefeito de Utinga, Joyuson Vieira (PSB), para assumir sua cadeira na Câmara dos Deputados.

 

Os dois se reuniram no último final de semana e registraram o encontro nas redes sociais. “Fiz o convite para que se torne candidato a deputado federal da região da Chapada Diamantina. Precisamos de pessoas honestas e determinadas para representar a Bahia”, escreveu Nilo em seu perfil no Instagram.

 

“Ainda atordoado pelo impacto do convite do meu fraternal amigo Marcelo Nilo para substituí-lo na Câmara Federal, seguirei pensando, convicto de que Deus orientará minha decisão e que essa decisão de Deus, seja a melhor para mim, para Utinga, para a Bahia e para o Brasil”, respondeu Joyuson na mesma rede social.

 

Aliado dos governos petistas no estado desde o início do primeiro mandato de Jaques Wagner (PT), Nilo está de saída do grupo que governa a Bahia há 16 anos. Na semana passada, o parlamentar subiu o tom depois que seu aliado Nestor Duarte pediu exoneração do comando da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) (lembre aqui).

 

O deputado nunca escondeu seu desejo de integrar uma chapa majoritária, mais especificamente uma vaga na disputa para o Senado. Porém, sem espaço na aliança liderada por PT, PSD e PP, que sustenta o governo Rui Costa (PT), Marcelo Nilo passou a ser cortejado pela oposição.

 

A tendência é que Nilo deixe o PSB na janela partidária, que começa em março, para se filiar a um partido de oposição aos governos petistas na Bahia. A legenda, entretanto, ainda não está definida.