Wagner em evento ao lado de Otto e Rui | Foto: arquivo Raimundo Mascarenhas


O senador Jaques Wagner (PT) comunicou, nesta quinta-feira (24), às lideranças da bancada do PT e do governo na Assembleia Legislativa da Bahia que não será mais candidato a governador. Wagner ainda informou que seu colega de Senado Otto Alencar (PSD) assumirá a cabeça da chapa na disputa pelo governo estadual.

Os representantes do PT ficaram então de comunicar a decisão do senador às bancadas estadual e federal petistas.

Com a decisão, a chapa passa a ser constituída por Otto ao governo e Rui Costa (PT) ao Senado, com um vice do PP, a ser indicado pelo vice-governador João Leão, que, por sua vez, assumirá o governo do Estado por nove meses com a renúncia de Rui.

A reunião aconteceu na noite desta quinta-feira (24) no Palácio de Ondina e sacramentou o acordo já vocalizado às bases de PT e PSD, dois dos principais envolvidos na costura.

A estratégia coincide com o tempo para o retorno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está com agenda no México nos próximos dias e volta às atividades político-partidárias após o Carnaval. Há um acordo para que o anúncio seja feito com pompas, na presença de Lula na Bahia. A data ainda não está definida.

O ex-presidente acompanhou as negociações e não apenas deu o aval para o acordo como “puxou” Wagner para atuar na coordenação de campanha dele à presidência da República.

CN * informações Política Livre e Bahia Notícias