O presidente Jair Bolsonaro (PL) interrompeu nesta sexta-feira (21) a viagem ao Suriname e embarcou em um voo para retornar ao Brasil após a morte da mãe, Olinda Bonturi Bolsonaro.

Bolsonaro viajaria para a Guiana para encontro com o presidente Mohamed Irfaan Ali.


A mãe de Bolsonaro morreu na madrugada desta sexta-feira aos 94 anos. A informação foi compartilhada pelo presidente em suas redes sociais. “Com pesar o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade. Nesse momento me preparo para retornar ao Brasil”, escreveu.

Olinda morava em Eldorado, no interior de São Paulo, cidade onde Bolsonaro foi criado.

O voo de Bolsonaro irá para São Paulo e de lá o presidente irá para Eldorado – a previsão é de que ele chegue por volta de 14 horas. A Presidência da República reservou todos os quartos dos hotéis localizados no centro de Eldorado para a comitiva presidencial.

Também nas redes sociais, a ministra Damares Alves prestou homenagem à Olinda. “Orando agora pelo nosso Presidente. Dona Olinda Bolsonaro, a mãe que ele tanto amou e honrou, foi para o céu. Que Deus console toda família. O senhor foi um filho extraordinário Presidente. Força Michelle! Força meninos! Descanse em paz Dona Olinda!”.

A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) divulgou uma nota: “A Secretaria une-se a toda a equipe de Governo e aos brasileiros em condolências e orações pelo falecimento da senhora Olinda Bonturi Bolsonaro, mãe do Presidente Jair Bolsonaro. Que Nosso Senhor acolha a alma de Dona Olinda e ampare o senhor Presidente da República e demais familiares”.

CNN