A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou nesta quarta-feira, 12, que o terceiro surto do fungo Candida auris no Brasil foi confirmado em um hospital da rede pública de Recife, Pernambuco.

A identificação foi confirmada pelo laboratório de referência, que é o Laboratório Central de Saúde Pública Prof. Gonçalo Moniz – Lacen/BA.

Segundo a Agência, desde a identificação do caso suspeito, o hospital estabeleceu as medidas de precaução e adotou ações para prevenção e controle do surto.

A Anvisa orienta que os laboratórios de microbiologia intensifiquem a vigilância laboratorial para a identificação do fungo Candida auris e que diante de um caso suspeito ou confirmado, informem imediatamente à Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do serviço de saúde.

Segundo o Ministério da Saúde, o Candida auris é um fungo emergente que representa uma grave ameaça à saúde global. Foi identificado pela primeira vez como causador de doença em humanos em 2009, no Japão.

Quando identifica o fungo, o próprio organismo libera substâncias inflamatórias para combatê-la. Entretanto, a resposta pode ser exagerada e causar danos em diversos órgãos, levando até à morte do paciente. A infecção pelo Candida auris é resistente a medicamentos.

Os principais sintomas são febre, alteração da pressão arterial, dificuldade para respirar e aceleração do ritmo cardíaco.

Fonte: A Tarde