Início de epidemia: Salvador registra mais 38 casos da gripe H3N2 em 24h 
Foto: Paula Fróes / GOVBA

Salvador atingiu a marca de 147 casos registrados da gripe Influenza A H3N2. Isso porque nesta quinta-feira (16), mais 38 casos foram registrados nas últimas 24h na capital baiana. A informação foi confirmada pelo secretário municipal de Saúde, Leo Prates. Em publicação nas redes sociais, Leo fez um alerta a população e disse que se Salvador continuar registrando o aumento de casos, a cidade chegará ao nível de epidemia em menos de três dias. “Continuem usando máscara, vamos nos proteger!”, escreveu o secretário. 


Na quarta (15), a Secretaria Municipal de Saúde confirmou 109  casos de gripe (H3N2) registrados em Salvador. Também na quarta, a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia confirmou a primeira morte pela gripe. A vítima era uma mulher de 80 anos e não estava vacinada contra a Influenza (veja aqui). 

 

A vacinação contra a Influenza A H3N2 na cidade segue apenas para o grupo prioritário formado por trabalhadores da saúde, crianças entre 6 meses e 6 anos; gestantes e puérperas; pessoas com mais de 60 anos; povos indígenas e quilombolas e pessoas com comorbidades ou deficiência permanente. Crianças vacinadas pela primeira vez em 2021 também estão aptas para receber a 2ª dose do imunizante.