Chuvas deixaram 5 mortos e 175 feridos na Bahia; 70 mil foram afetados

 

 

As chuvas no sul da Bahia deixaram ao menos cinco mortos, 175 feridos e 3,7 mil desabrigados, segundo último levantamento da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec). Os temporais já atingiram quase 70 mil pessoas.

Desde a última terça-feira (7/12), tempestades atingem duramente dezenas de cidades do sul do estado. Ao norte de Minas Gerais, que também sofre com as enchentes, duas pessoas morreram na última semana.

Ainda segundo a Defesa Civil, mais de 10 mil pessoas tiveram que deixar suas casas — 6,4 mil ficaram desalojadas e 3,7 mil desabrigadas. Pelo menos 30 municípios são considerados em situação de emergência por causa das chuvas.

Os municípios de Itamaraju, Prado, Jucuruçu, Teixeira de Freitas, Porto Seguro, Itacaré e Canavieiras foram algumas das regiões atingidas pelos fortes temporais. Em Minas Gerais, as cidades afetadas ficam nos vales dos rios Jequitinhonha e Mucuri.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sobrevoou, neste domingo (12/12), as cidades atingidas pelo temporal que assola o estado da Bahia nos últimos dias. O chefe do Executivo federal fez o percurso em helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB).

Bolsonaro foi acompanhado durante o trajeto pelos ministros da Cidadania, João Roma; do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho; do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno; e da Saúde, Marcelo Queiroga.

Na manhã deste domingo (12/12), o governador Rui Costa (PT) também sobrevoou algumas das cidades atingidas, começando por Jucuruçu, local onde uma ponte cedeu no último sábado (11/12).

Depois, o governador e sua equipe desceram na cidade de Medeiros Neto, onde acompanharam uma inspeção para identificar os danos causados pela chuva. Nesse município, ao menos mil pessoas ficaram desabrigadas.

Fonte: Metrópoles

Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial