Mulher esfaqueia prefeito, após confusão sobre medição de terreno, diz polícia

 


Divergências sobre a medição de um terreno teriam motivado o ataque sofrido pelo prefeito de Palmitinho, no Noroeste do Rio Grande do Sul, nesta segunda-feira (22). Segundo a Polícia Civil, a mulher que esfaqueou Caetano Albarello, de 76 anos, ficou insatisfeita com o trabalho de servidores do município no lote de sua propriedade.

A suspeita, de 35 anos, foi presa em flagrante após o ato e irá responder por tentativa de homicídio. Conforme a prefeitura, Albarello sofreu ferimentos superficiais e deve ter alta já nesta terça (23). O prefeito passou por duas tomografias e está consciente.

A delegada Cristiane Van Riel Santos afirma que, após o desentendimento com os funcionários da prefeitura, a suspeita foi tirar satisfação com Albarello na sede do Executivo, levando uma faca embaixo da roupa.

"A gente percebe pelas imagens que eles tiveram um certo desentendimento, uma luta corporal, um empurra-empurra. Nesse momento, ela puxa de baixo da blusa dela, ela tira uma faca, a faca que foi apreendida, e desfere vários golpes contra o prefeito", relata.

A mulher permaneceu em silêncio no depoimento. Ela foi conduzida para um presídio de Frederico Westphalen, a 20 km de Palmitinho.

A Polícia Civil busca apurar se houve a participação de outra pessoa no envolvido. As testemunhas do ataque também serão ouvidas pela investigação. A sede da Prefeitura passa por perícia.

Caetano Albarello, do PDT, foi eleito em 2020 com 2.284, cerca de 46% do eleitorado de Palmitinho. A cidade tem população estimada de 7 mil pessoas.

Mulher de 35 anos foi presa em flagrante após esfaquear prefeito de Palmitinho — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Fonte: G1
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial