Marília Mendonça morre aos 26 anos em queda de avião em Minas Gerais

 


A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, e mais quatro pessoas morreram na tarde desta sexta-feira (5) após a queda de um avião de pequeno porte perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais.

"Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga (MG), onde Marília teria uma apresentação esta noite", informou a assessoria da cantora (leia mais abaixo sobre o acidente).

As músicas de Marília Mendonça arrebataram o Brasil com letras e melodias intensas e românticas. Considerada uma das artistas mais populares do sertanejo, ela liderou uma reviravolta feminina no gênero, que impôs mulheres como protagonistas do estilo até então dominado quase apenas por homens, a partir de 2016, no chamado "feminejo".

Marília Mendonça nasceu em Cristianópolis (GO) em 22 de julho de 1995. Entre os seus grandes sucessos, que a colocaram como uma das cantoras mais ouvidas do país, estão "Infiel", "De quem é a culpa?" e "Eu sei de cor". Ela deixa um filho, Léo, que completa dois anos em dezembro.

Os bombeiros também confirmaram a morte de Marília Mendonça através da seguinte nota: "O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais."

Um representante da Polícia Militar no local informou: "Infelizmente, em que pesem todos os esforços no local, de difícil acesso, a informação que se tem, repassada pelo médico, é que as cinco pessoas que estavam na aeronave vieram a óbito. Continuam os trabalhos".

A aeronave era um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião está em situação regular e tem autorização para fazer táxi aéreo.

Até a última atualização desta reportagem, não havia informações sobre o motivo da queda. A Aeronáutica deve apurar as causas do acidente. Investigadores foram enviados ao local.

A Polícia Civil de Minas Gerais disse que enviou equipes de perícia criminal, investigadores e delegados ao local.

Antes do voo, Marília Mendonça fez um vídeo com imagens do embarque e de dentro do avião e publicou nas redes sociais.

Informações da assessoria de imprensa

Por volta das 16h30 desta sexta, a assessora de imprensa de Marília Mendonça informou ao g1 que a cantora e todos que estavam no avião já teriam sido resgatados e estavam bem.

A assessora voltou a confirmar a informação às 16h50. Por volta das 17h15 a assessora disse que havia perdido o contato com o empresário da cantora e que não podia mais confirmar a informação de que ela estava bem. Às 17h45, a assessora informou em nota oficial que a cantora havia morrido.

Fonte: G1
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial