Operação autua 641 postos de combustível em 26 estados

 


Uma operação nacional de fiscalização em postos de combustíveis levou à prisão sete pessoas em todo o país. A ação foi coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública; e mobilizou mais de 2 mil e 800 agentes públicos espalhados por 26 estados da Federação.

Dos 1.755 postos fiscalizados, 36% deles, ou seja 641, foram autuados por alguma irregularidade. A maioria delas, em 305 casos, foram problemas na bomba de abastecimento, podendo ou não configurar fraude no equipamento. Os dados mais detalhados sobre as autuações serão divulgados até o final do dia, segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A secretária Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, Juliana Domingues, considerou alto o número de irregularidades.

Onze postos fiscalizados acabaram interditados por má qualidade do combustível, sendo identificado uma porcentagem maior de etanol do que a permitida.


Denominada de Operação Petróleo Real, as fiscalizações foram deflagradas nessa quinta-feira (08) com objetivo de verificar também se os postos estão informando a composição dos preços dos combustíveis ao consumidor, e ainda se há crimes contra a economia popular, com preços considerados abusivos.


Logo Radioagência Nacional

Edição: Sâmia Mendes / Guilherme Strozi

Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial