Feira: Acusado de matar e ocultar corpo de médico tem prisão preventiva decretada

 

Feira: Acusado de matar e ocultar corpo de médico tem prisão preventiva decretada
Foto: Aldo Matos / Acorda Cidade

O médico Geraldo Freitas de Carvalho Júnior teve a prisão preventiva decretada nesta terça-feira (27). Acusado de matar e ocultar o corpo do também médico Andrade Santana Lopes, ele estava detido na condição de prisão temporária (ver aqui). A medida, estabelecida no dia 28 de maio, cumpriu o prazo de 30 dias. Depois, foi prorrogada pelo mesmo período, encerrando o tempo previsto por lei para casos de homicídio.


Com a prisão preventiva não há um tempo determinado para que a reclusão seja finalizada. Segundo o Acorda Cidade, a prisão preventiva de Geraldo foi deferida pela juíza Márcia Simões, titular da Vara do Júri de Feira de Santana.

 

O médico Andrade Lopes foi encontrado morto em um trecho do Rio Jacuípe, em São Gonçalo dos Campos, na mesma região de Feira, na manhã do dia 28 de maio (clique aqui). Antes, a vitima ficou cinco dias sem ser encontrada.

 

Morador de Araci, na região sisaleira, ele saiu da cidade com destino a Feira de Santana, onde trabalharia, e depois não foi mais visto.

Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial