Duas mulheres morreram após serem baleadas na porta de casa, no bairro do Curuzu, em Salvador. As vítimas foram identificadas como Maria Célia de Santana, de 69 anos, e Viviane Soares, de 32 anos. Segundo informações de moradores, a polícia perseguia bandidos em um carro roubado, quando uma troca de tiros foi iniciada.

Moradores e amigas das vítimas alegam que os tiros que atingiram  Maria Célia e Viviane partiram da polícia. As duas eram vizinhas e conversavam na frente de casa. Muito querida no bairro, Maria Célia de Santana era aposentada e trabalhou por anos na Empresa Gráfica da Bahia (Egba).

As duas foram socorridas para o Hospital Ernesto Simões, mas não resistiram aos ferimentos e morreram. De acordo com o Centro Integrado de Comunicações, policiais militares fizeram um pedido apoio de guarnições e viaturas da 37ª Companhia Independente na Rua Contenda, no Curuzu, na noite desta sexta. No entanto, o órgão informou não ter mais informações sobre o caso. 

Correio24Horas