Bolsonaro nomeia Pazuello para cargo em Brasília em operação para salvá-lo de CPI

Bolsonaro nomeia Pazuello para cargo em Brasília em operação para salvá-lo de CPI
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, como adido da Secretaria-Geral do Exército, em Brasília. Assim, ele volta a trabalhar na capital federal e deixa 12ª Região Militar, em Manaus (AM).

 

A mudança foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (23). Informações de bastidores apoontam que a medida é uma maneira de auxiliar Pazuello a traçar uma estratégia para não ser atingido pela CPI da Covid, que vai investigar as omissões do governo federal no combate à pandemia.

 

O general ainda é nome de confiança de Bolsonaro, que cedeu à pressão para substitui-lo na Saúde, mas estudou alternativas para não deixá-lo fora do governo.

Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial