Feira: Hospital de Campanha convive com UTIs lotadas há mais de 3 semanas

 


As UTIs do Hospital de Campanha de Feira de Santana operam com toda a capacidade nesta quinta-feira (18). O fato já atravessa mais de três semanas, segundo o diretor da unidade, Francisco Mota. Na próxima semana, há a possiblidade de operação de mais cinco leitos, já em construção, elevando de 18 para 23 leitos UTIs para pacientes com Covid-19. Outro problema é a falta de leitos de UTI para pacientes.

 

Nos últimos dias, em torno de oito pessoas não puderam ser internadas no setor. Elas chegam ou dos leitos clínicos da unidade, que passara a ser 44, ou de policlínicas, UPAs e hospitais particulares. "Nós já estamos com 100% de capacidade há mais de três semanas. A gente não está conseguindo atender a rede. O que acontece muito é que aqui quando uma pessoa é liberada do leito clínico, o leito de UTI é logo ocupado", disse Mota ao Bahia Notícias.

 

O diretor também afirmou que já há uma preocupação com a falta de medicamentos necessários para os pacientes. "Nós ainda temos aqui relaxante muscular, sedativos, anticoagulantes, mas já estamos tendo dificuldade para comprar. Isso é um problema nacional", declarou.

 

Francisco Mota acredita que só em abril, a situação possa melhorar, com queda nas taxas de ocupação. Isso se houver recuo no número de casos de novo coronavírus no município.

Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial