Covid-19: Vacina brasileira estaria adiantada se governo fosse mais ágil, diz coordenador

 


O pesquisador da Universidade de São Paulo, campus de Ribeirão Preto (SP), Célio Lopes Silva, disse nesta sexta-feira (26) que o estudo da vacina Versamune contra a Covid-19 poderia estar adiantado se o financiamento do governo federal fosse mais ágil. As informações são do portal G1.

 

“Nós demoramos um pouco para começar o desenvolvimento dela devido a falta de financiamento. Depois, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações entrou e financiou a vacina”, disse Célio Lopes.

 

“Poderia ter adiantado pelo menos uns 3 meses, porque nós começamos o desenvolvimento do nosso projeto no fim de agosto, começo de setembro. Então, se a gente comparar com o desenvolvimento das outras vacinas, nós estamos chegando mais ou menos junto com as grandes empresas internacionais, dos grandes conglomerados farmacêuticos. Estamos só dependendo da liberação desse recurso para começar o estudo clínico, mas já tem uma garantia que o ministério vai realmente liberar esse recurso”, afirmou o coordenador dos estudos da vacina.

 

Em comunicado à imprensa nesta sexta, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações informou que, com a aprovação do orçamento de 2021 pelo Congresso Nacional, a pasta conseguiu garantir R$ 200 milhões para o financiamento dos estudos clínicos da Versamune.

 

Helena Faccioli, CEO da Farmacore, empresa brasileira que vai produzir a vacina em parceria com norte-americana PDS Biotechnology, afirmou que a fase pré-clínica teve um custo de R$ 3,8 milhões.

 

Nas fases 1 e 2, que tiveram o pedido de autorização protocolado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a estimativa de custo é de R$ 30 milhões e para a fase 3, mais abrangente, R$ 300 milhões.

 

“Para a fase 1, a condicionante [para solicitar financiamento no edital] era que o projeto fosse submetido a Anvisa e tivesse condições para partir para fase clínica. Então, o recurso já estava todo articulado pelo MCTI, e agora nós vamos passar pra fase de contratação”, explicou.

Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial