Homem suspeito de feminicídio e simular suicídio da companheira é preso em Paulo Afonso

 

ww

Cintia Maria foi achada morta dentro de casa, com sinais de enforcamento, no ano passado. Exames médicos no corpo da mulher revelaram que as marcas de violência não eram compatíveis com suicídio.

Um homem suspeito de matar a companheira e simular o suicídio dela foi preso em Paulo Afonso, no norte da Bahia, na quarta-feira (13). De acordo com a Polícia Civil, Cintia Maria da Silva foi estuprada e morta por estrangulamento no dia 10 de novembro de 2020. O homem estava com um mandado de prisão em aberto.

O suspeito foi achado em um imóvel da cidade após levantamento realizado pela equipe da Deam/Paulo Afonso, com apoio Departamento de Polícia do Interior (Depin), da Superintendência de Inteligência da SSP e Delegacia Territorial (DT) de Paulo Afonso.

A polícia detalhou o homem tentou simular o suicídio da companheira, mas após perícia médica feita na vítima foi constatado que o corpo de Cintia apresentava lesões incompatíveis com suicídio e, que na verdade, ela teria sido morta por estrangulamento.

No dia do crime, o homem acionou a polícia informando que a mulher havia sido achada morta no imóvel onde morava, pendurada pelo pescoço. Os vizinhos, no entanto, contestaram essa versão e disseram que Cintia foi encontrada no chão e não pendurada pelo pescoço, como o suspeito informou.

homem-suspeito-cometer-feminicidio-forjar-o-suicidio-companheira-paulo-afonso2

Também segundo o laudo, a cena do crime foi totalmente descaracterizada. Familiares e testemunhas relataram que Cintia sofria maus-tratos do companheiro e já havia sido agredida por ele, motivado por ciúmes, em outras ocasiões.

.

G1

Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial