Primeiro caso de Covid-19 é registrado em Monte Santo


Conforme estudos da Fiocruz a Covid-19 iria ter maior crescimento no interior do Brasil entre maio e junho, e isto está sendo concretizado. É visível o avanço da epidemia em todo País, depois de matar milhares de pessoas em todos continentes.

No território do Sisal composto por 20 municípios, até o fim de abril eram poucos com casos registrados, mas a doença começou propagar e já chega a 14 municípios, sendo que o último a entrar nesta lista foi Monte Santo.



O Calila havia feito um levantamento na quinta-feira, 14, junto a Secretaria Municipal, na ocasião, sem nenhum caso, no entanto, após publicar a matéria no fim da noite de sexta-feira, após ter observado na relação da SESAB a ausência de Monte Santo, foi publicado como os últimos sete sem casos registrados, mas nossa redação recebeu a informação neste sábado que a cidade da Serra da Santa Cruz teve uma notificação de teste positivo ainda na sexta.

Segundo a secretária de Saúde, Antonieta Costa, trata-se de um idoso que se mantém  saúde estável e cumprindo isolamento domiciliar, e a equipe de Vigilância Epidemiológica está acompanhando de perto e monitorando as pessoas que tiveram contato com o mesmo.

Com mais essa caso, no Território do Sisal apenas seis municípios se mantêm sem registros; Ichu, Candeal, Biritinga, Lamarão, Itiúba e Quijingue.

Pessoas infectadas foram registradas em: São Domingos (paciente curado); Araci (3 casos e um óbito); Coité (10 casos / 3 curados); Serrinha (6 casos /4 curados); Valente (16 casos/ 1 óbito e 2 curados), Cansanção (1 caso curado), Santaluz (3 casos); Nordestina (2 casos) e Retirolândia (9 casos/ 3 curados) e Tucano (1 caso).

Calila Notícias
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial