Bate e assopra: depois de atacar Maia, pela manhã, Bolsonaro tem encontro amistoso com o presidente da Câmara, à tarde


O presidente Jair Bolsonaro se reuniu nesta tarde (14), no Palácio do Planalto, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), num encontro amistoso para tratarde assuntos relacionados à crise.
O encontro aconteceu depois que Bolsonaro, em uma videoconferência, com empresários, teceu críticas à condução de medidas provisórias pelo presidente da Câmara.
De acordo com Maia a conversa desta tarde girou em torno da crise do coronavírus: "Conversamos sobre o momento, sobre como é que cada vem enxergando esta crise. Nós sabemos qual é a posição do presidente, hoje mesmo ele falou. Eu tenho a minha posição. Ele sabe qual é. O que eu disse ao presidente é que precisamos encontrar os pontos que nos unem".
Na reunião com empresários Bolsonaro acusou maia de querer afundar a economia: "Parece que quer afundar a economia, para ferrar o governo, para talvez tirar um proveito político lá na frente", disse.
Questionado sobre essa declaração na saída do Planalto, Rodrigo Maia se esquivou de responder.
redeGN/Foto divulgação
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial