Antes de pedir demissão, Teich procurou hospitais para pegar atualizações sobre uso de cloroquina


Antes de pedir exoneração do ministério da Saúde, o oncologista Nelson Teich procurou os hospitais que conduzem as principais pesquisas sobre o uso da cloroquina no combate ao coronavírus e solicitou atualizações.

Ouviu de todos que não é recomendável o uso do medicamento na fase inicial da covid-19, mas apenas em casos graves, como recomenda atualmente o protocolo do Ministério da Saúde. O presidente porém, não abre mão de alterar o entendimento para que o remédio já seja oferecido no início do tratamento.

Teich preferiu ficar com a ciência do que com o governo e pediu demissão, como informou o colunista Lauro Jardim. 

Fonte: O Globo
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial