Moro quer integrantes da Lava Jato no Ministério da Justiça; 'agenda anticorrupção'


Com o plano de montar uma "agenda anticorrupção e anticrime", o juiz Sérgio Moro avalia a possibilidade de levar integrantes da Operação Lava Jato para o Ministério da Justiça. Ele assume a pasta a partir de 1º de janeiro de 2019. 

Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, Moro tem analisado nomes ligados à Polícia Federal (PF), que voltará a ficar sob o comando do superministério, e também da Receita Federal. 

Outra novidade é o orçamento, que será o maior já obtido pela pasta nesta década. De acordo com a publicação, serão R$ 4,798 bilhões em 2019, 47% a mais do que o montante autorizado para este ano. Por outro lado, o ministério também vai herdar um déficit de pessoal em órgãos como a PF e o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Informações do jornal O Estado de S. Paulo
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial