Presidente do SD diz que ACM Neto 'vacilou' ao apoiar Alckmin

Presidente do SD diz que ACM Neto 'vacilou' ao apoiar Alckmin
Foto: Reprodução / Sérgio Lima / Poder360

Integrante da coligação de Geraldo Alckmin (PSDB) e presidente do Solidariedade, o deputado Paulinho da Força (SD-SP) declarou, em entrevista ao jornal O Globo, que ACM Neto “vacilou” na hora de escolher apoiar o candidato tucano à Presidência, ao invés de Ciro Gomes (PDT). 

“Não tivemos a coragem de mudar o Brasil, de estar com o Ciro. Nós [Solidariedade] perdemos. O pessoal optou por apoiar o Alckmin. Mas me lembro até que o Marcos Pereira chegou a dizer que apoiava o Alckmin, mas que tinha dúvida se ele iria para o segundo turno. Tudo conspirou naquela semana [em que o centrão decidiu quem apoiar] contra o Ciro. O Ciro fez aquelas declarações [em poucos dias, Ciro xingou uma promotora e chamou o presidente Michel Temer de quadrilheiro], o Rodrigo Maia teve que viajar, perdemos um voto no grupo, porque, sem o Rodrigo Maia, o ACM Neto vacilou na hora de decidir. Desde o início, a gente sabia que não era fácil. Então, o que deu errado é o partido. O PSDB é o partido a ser derrotado no Brasil”, falou Paulinho da Força ao admitir a derrota de Alckmin e do centrão no primeiro turno. 

Questionado se acredita que a declaração de Paulinho da Força favorável a Ciro foi falta de "coerência", o prefeito de Salvador declarou que só responde por ele, durante a entrega de uma praça na Vila Canária nesta quarta-feira (3) em Salvador. “Cada um que responda por si. Eu posso responder por mim”, disse ACM Neto ao reafirmar que estará com o candidato tucano à Presidência até o fim do primeiro turno. 
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial