Policial que já atuou em Jacobina é preso acusado de forjar sequestro em Petrolina


Na última sexta-feira (17/08/2018), a equipe de investigações da 214 DP, coordenada pelos delegados Daniel Moreira e Gregório Ribeiro, após a comunicação de um sequestro ocorrido no dia quinta-feira (16.08.18), em que indivíduos supostamente armados teriam sequestrado a pessoa de Tathiany Suellen Silva Santos e a partir de então passaram a exigir da família a quantia de 63.000,00 para a liberação da vítima, foi montada uma operação policial para identificar e prender em flagrante os supostos sequestradores. 

Após inúmeros contatos telefônicos entre a própria vítima e seu irmão (o pagador do resgate), os sequestradores determinaram que o mesmo se deslocasse até Juazeiro/BA, onde ajustaram o local em que ele entregaria o prêmio do resgate, ocasião em que foi feito o cerco policial e, após o pagamento e resgate e liberação da vítima, os mesmos foram perseguidos pelas equipes policiais e abordados, ocasião em que um dos indivíduos sacou uma pistola contra o policiamento mas foi dominado e desarmado. A partir de então passaram a informar às equipes que na verdade o sequestro teria sido forjado por Tathiany, que passaria pessoalmente a negociar o pagamento do resgate com sua família, fato comprovado através de mensagens de Whatsapp entre todos os envolvidos.

Durante a abordagem, foi identificado como um dos sequestradores, o policial civil do Estado da Bahia, José Flávio Oliveira da Silva, lotado em Juazeiro/BA. Flávio já foi lotado na 16ª COORPIN em Jacobina.



O acusados foram autuados em flagrante pelo crime de Extorsão Majorada pelo concurso de pessoas: AYRON MAXSUEL DOS SANTOS SILVA ; ISRAEL ALEXANDRE DE BARROS SILVA; JOSE FLAVIO OLIVEIRA DA SILVA e TATHIANY SUELLEN SILVA DOS SANTOS.

Foram apreendidos durante a operação uma pistola Taurus PT 100 calibre .40 com quatro carregadores completamente municiados, uma moto honda Biz e o dinheiro pago como prêmio do resgate. Após a formalização do auto de prisão em flagrante, os presos serão encaminhados a audiência de Custódia do plantão judiciário de Petrolina, onde ficarão à disposição da justiça.

As informações são da PCPE/DINTER 2/ AIS 26/ 214 Delegacia Petrolina

Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial