Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao Banco Central de Fortaleza

Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao Banco Central de Fortaleza
Adelino Angelim de Sousa Neto | Foto: Polícia Militar / Divulgação

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu nesta terça-feira (14) um dos participantes do assalto ao Banco Central em Fortaleza, que aconteceu em 2005. Adelilno Angelim de Sousa Neto, de 36 anos, foi preso a cerca de 17 quilômetros de centro de Brasília, após uma denúncia anônima.

Adelino estava em casa com a mulher e o filho, e não reagiu à prisão. A prisão dele foi decretada pela 12ª Vara Federal de Fortaleza, em julho de 2017. A decisão judicial estipula que Adelino deve cumprir 18 anos de prisão, inicialmente em regime fechado, além de pagar multa no valor de R$ 3 milhões.

O crime no Banco Central em Fortaleza é considerado o maior assalto a banco na história do Brasil. Segundo a Polícia Federal, foram levados R$ 164,7 milhões.
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial