Saúde.Decretada prisão preventiva de denunciado por duplo homicídio


A Justiça decretou a prisão preventiva de Jorge Ramos de Jesus Santos, a pedido do Ministério Público estadual, por duplo homicídio e dupla tentativa de homicídio no Município de Saúde. Segundo consta no inquérito policial, no dia 20 de dezembro de 2017, à margem da rodovia BA 375,localidade de  corta Munheca o denunciado efetuou disparos contra Ronaldo Alves dos Santos, 21 anos, Ronan Alves dos Santos, 19 anos, e Klebson Maia Melo, 18 anos e uma adolescente de 12 anos, que estavam acompanhados de outras pessoas. Ronaldo e a adolescente morreram em decorrência dos ferimentos.
“O denunciado agiu por motivo fútil, incomodado pela simples presença das vítimas em local público e irritado com as respostas que as pessoas do grupo deram à sua atitude injustificada de mandar que fossem embora e ainda fez a abordagem agindo falsamente como autoridade policial”, afirmou a promotora de Justiça Milena Moreschi, autora da denúncia contra Jorge Ramos. Ela complementou que as vítimas sobreviventes e algumas testemunhas que estavam no local reconheceram de forma inequívoca que Jorge Ramos foi o autor dos disparos.NoticiaLivre
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial