Secretária de Direitos Humanos é exonerada uma semana após criticar ação do governo

Secretária de Direitos Humanos é exonerada uma semana após criticar ação do governo
Foto: Divulgação / Polyndia Eventos

A secretária de Cidadania do Ministério dos Direitos Humanos, Flávia Cristina Piovesan, foi exonerada do cargo nesta quarta-feira (1º). Em entrevista à rádio CBN na semana passada, ela criticou a portaria do Ministério do Trabalho que modificava regras de combate e fiscalização do trabalho escravo, bem como as mudanças na Lei Maria da Penha que contam em um projeto de lei aprovado no Senado em outubro. Ao G1, Piovesan disse que a exoneração não tem relação com suas opiniões, mas com o posto que vai assumir em janeiro na Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH). "Reitero que a exoneração foi feita a pedido e que nenhuma censura sofri em resposta às posições que tenho defendido com coerência em minha trajetória de luta pelos direitos humanos", destacou. Piovesan assumiu a secretaria em maio do ano passado. Em junho deste ano, foi eleita uma das conselheiras da CIDH, da Organização dos Estados Americanos (OEA).
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial