Polícia Federal descobre origem dos R$ 51 milhões encontrados em apartamento de Geddel


A Polícia Federal e o Ministério Público Federal descobriram a origem do dinheiro encontrado em um apartamento do ex-ministro Geddel Vieira Lima, no bairro da Graça, em Salvador, em setembro deste ano De acordo com as investigações, o valor encontrado é a soma de propinas vindas do PMDB, da construtora Odebrecht e do operador Lúcio Funaro. É a primeira vez que os investigadores fazem essa relação da origem do dinheiro.

Em malas e caixas, foram encontrados um total de R$ 51.030.866,40 – divididos em R$ 42.643.500 e US$ 2.688.000,00, que na cotação atual equivale a R$ 8.387.366,40. O imóvel é de propriedade de Silvio Silveira, que o teria emprestado a Geddel supostamente para armazenar documentos herdados do seu pai, falecido em 2016.

Na delação premiada, ele contou que repassou 20 milhões só a Geddel. As informações sobre a origem desse dinheiro e as investigações foram publicadas pelo Bom Dia Brasil, na manhã desta sexta-feira(24). Geddel nunca esclareceu de onde saiu tanto dinheiro. Investigadores dizem que há claros indícios do crime de lavagem.

Fonte: Agora na Bahia 
Compartilhar Google Plus

Autor emcimadanoticia

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial